DIZER QUE DEUS ESTÁ VOLTANDO NÃO RESOLVE O PROBLEMA – CATÁSTROFES AMBIENTAIS

HURRICANE DEAN

~::::~

Dizer que Deus está voltando não resolverá o problema, é o que eu afirmo sobre várias questões que estão presentes no nosso dia a dia. Atualmente vejo bastante as pessoas usarem esta frase como uma forma de fugir da responsabilidade de alguns casos e tentar justificar um conjunto de ações. Porém, ao usar esta frase com este intuito as pessoas só acabam perpetuando e piorando certos problemas que existem na nossa realidade.
O primeiro exemplo que uso para mostrar esta relação é o da agressão do ser humano ao meio ambiente e as consequências disto. Vivemos em um cenário onde muitas catástrofes ambientais estão ocorrendo, onde os noticiários abordam com frequência os casos de consequências do aquecimento global, que por sua vez é enfatizado pelas ações do homem. Ao se deparar com casos deste caráter, muitas pessoas dizem: “Isto é o sinal de uma profecia, isto é o sinal da volta do salvador, Deus está voltando”. Será mesmo? O que fazer?
Se tudo isso é sinal da volta de Deus, isso eu não sei. Mas sei de uma coisa: Se tudo isto for sinal da volta de Deus, é o homem executa um papel fundamental para estes sinais sejam dados. O que quero dizer é simplesmente que muitas destas coisas que acontecem e que são julgadas como sinais da volta de Deus são ocasionadas por ação do homem. E na maioria dos casos é por ações irresponsáveis, impensadas, irracionais. Nestes caso, os sinais da volta de Deus são basicamente consequências das ações irracionais dos homens.
Desta maneira, independentemente da situação e se ela for ou não um sinal do retorno de Deus, é importante que as ações do homem estejam de acordo com a manutenção do bem estar de todo o planeta. Ou seja, as atitudes do homem têm que ser de preservação da natureza, manutenção do equilíbrio do meio ambiente. No entanto, o que se vê é justamente o contrário: desmatamento, poluição, extrativismo desenfreado, etc. Estas atitudes que agridem o meio ambiente podem ser consideradas irracionais pelo fato de ela estão dentro de um conjunto de atitudes que levam o homem a destruir o seu próprio meio e a si próprio, pois as consequências da destruição do seu meio recaem sobre o próprio homem. Ora, se houvesse uma reflexão sobre estas atitudes tendo em vistas as suas consequências, com certeza elas não seriam praticadas. Assim, só poddemos classificar estas atitudes com “impensadas”, irracionais.
Como já foi dito, é preciso que o homem comece a tomar atitudes de preservação com relação ao meio ambiente e também que se ponha um freio nestas atitudes de destruição. Com certeza, se existisse uma consciência deste tipo muitas das catástrofes que acontecem atualmente seriam evitadas. Em detriento disto, muito menos pessoas estariam dizendo hoje que Deus está voltando. Minha intenção não e questionar este dogma, mas somente chamar a atenção para algumas coisas interessantes:
1. Ficar repetindo que Deus está voltando, para algumas pessoas, é um meio de justificar as suas más ações com relação ao planeta. É impressionante, as pessoas fazem o que querem com o planeta, sujam, desperdiçam, e no fim dizem que as consequências destes atos são coisas que acontecem naturalmente, pois existem uma profecia que afirma que coisas deste tipo acontecerão quado Deus estiver voltando. Então, isto acaba sendo um meio de as pessoas fugirem da sua responsabilidade, um meio de as pessoas ficarem de consciência tranquila com relação aos seus atos que agridem o planeta. Repito, se as catástrofes são ou não sinais da volta de Deus isso é secundário, é necessário que as pessoas assumam em sua consciência que elas têm responsabilidade por estas catástrofes estarem acontecendo. Não há problema nenhum em acreditar nesta profecia ou até mesmo repeti-la constantemente, desde que ela não sirva como um meio de tranquilizar a consciência perante as atitudes de destruição do planeta.
2. Ficar repetindo que Deus está voltando, para algumas pessoas, é também um meio de fugir da responsabilidade de agir bem, de preservar o planeta. O pensamento de algumas pessoas funciona de uma maneira mais ou menos assim: Ora, todas estas catástrofes são sinais da volta de Deus, o mundo está acabado mesmo, então para que eu vou agir bem, para que vou preservar, para que vou economizar? Ora, eu que não vou ser besta, vou é aproveitar o que posso desse planeta, afinal ele já está condenado mesmo. Este pensamento pode ser consciente ou inconsciente. A questão é, esta concepção de que as catástrofes são sinais da volta de Deus, na cabeça de algumas pessoas, serve como uma permissão para agir de maneira que destrua o planeta. Isto também é fruto do egoísmo humano, uma atitude pura de quem só pensa em lucrar, ter vantagens. Porém, este comportamento está levando o planeta terra a ficar cada vez mais pior, surgindo assim a necessidade de uma mudança de postura, uma mudança de comportamento.
Mais uma vez digo, não há problema nenhum em acreditar nesta profecia ou repeti-la constantemente, o problema é se utilizar dela e das suas implicações para buscar vantagens, fugir da responsabilidade de tratar bem o meio ambiente e justificar ações de destruição com relação ao nosso planeta.

________________________

~X~

(Anderson Yankee)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s