VERSOS DE PORÉM, PORÉM É AMOR

nervoso

~:::~

Quando ele a via, a amava
Porém se calava
Quando a via, queria
Porém nada fazia
Porém seu peito ardia
E daqueles seus olhos ansiosos
Emanavam melodias
Aquele seu corpo que timtubeava
Descompassado tremia
Evidente, de alegria
Em sua boca faltavam palavras
De sua boca nada saía
Porém, nada faltava
Sua amada que não escutava
Sua amada que não entendia

~:::~

_______________________

(Anderson Yankee)

Uma resposta em “VERSOS DE PORÉM, PORÉM É AMOR

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s