DISTINÇÃO ENTRE DESEJAR E NECESSITAR – UMA ANÁLISE DO SENTIDO DAS PALAVRAS

principio-da-identidade

~:::~

Em mais um post venho tocar em um ponto que acho de extrema importância para as pessoas civilizadas que se utilizam da linguagem falada em suas vidas, trata-se do problema de usar as palavras adequadamente em seus devidos contexto. Acho muito importante que usemos as palavras corretamente para que o entendimento do que se fala seja efetivo. Para isso é mister que compreendamos o sentido correto das palavras, pois muitas vezes empregamos em uma proposição uma palavra que não expressa bem o que realmente pretendíamos dizer.
Para exemplificar isso eu usarei hoje duas palavras que apresentam sentidos parecidos, mas que se analisadas a fundo mostrar-se-ão com sentidos bem distantes, o que pode gerar um efeito negativo de nós a quem escuta uma proposição nossa mal formada. Ademais há uma questão que vale a pena suscitar a respeito da distinção de sentido entre estas palavras, uma questão mais de âmbito psicológico.
Enfim, as duas palavras que escolhi foram DESEJAR e NECESSITAR. Algumas pessoas agora estão pensando: Ora, mas não são nem de longe parecidas estas palavras. Outras estão pensando: São a mesma coisa. E ainda outras pessoas conseguem identificar a distinção entre elas, para além do sentido imediato. Bom, em qualquer caso, vamos apenas nos divertir fazendo uma análise desta questão.
O sentido imediato de que falo é que as duas palavras representam QUERER;
Obs.
1. Proposição: Eu desejo um bombom.
1. Sentido Imediato: Eu quero um bombom.
2. Proposição: Eu necessito de um bombom.
2. Sentido Imediato: Eu quero um bombom.
Se não ficou claro a questão ainda, observe:
Na proposição 1 chegaremos ao sentido imediato da seguinte maneira: Eu desejo e quem deseja, deseja algo; logo há um objeto de satisfação para este desejo; Então há um desejo a ser satisfeito; logo QUERO este objeto para satisfazer o meu desejo.
Na proposição 2 chegaremos ao sentido imediato praticamente da mesma maneira: Eu necessito e quem necessita, necessita de algo. Logo, há algo que satisfaça esta necessidade; Se para uma necessidade há um objeto de satisfação, então este objeto de satisfação é QUERIDO.
Estabelecemos assim que quem deseja, quer. Assim como quem necessita, quer. Ora, quem quer, quer algo. Então, esta questão envolve um objeto que ser quer, um objeto que se deseja, um objeto que se necessita.
Então são a mesma coisa tais palavras? Não, se fossem a mesma coisa, seriam exatamente a mesma coisa, seguindo o princípio de identidade de maneira absoluta (A é A / Desejar é Desejar / Necessitar é Necessitar). Encontramos uma identidade entre as palavras no que se refere ao sentido delas, mas não nas palavras em si, poderíamos representar esta identidade da seguinte maneira: A é B; Isso quer dizer que o sentido corresponde, mas as palavras são distintas.
Mas o que torna estas palavras diferentes? Eis a questão. Pois bem, citei acima que “há uma questão que vale a pena suscitar a respeito da distinção de sentido entre estas palavras, uma questão mais de âmbito psicológico”. É justamente esta questão que irá nos ajudar a entender qual a diferença entre DESEJAR e NECESSITAR, para além do sentido imediato.
No primeiro caso, o da palavra “desejar”, quando digo que desejo algo, eu realmente quero algo, mas este querer é em um sentido menos descompromissado. Diferentemente de quando eu falo que necessito de algo, quando falo de necessidade estou estabelecendo não só que eu quero algo, mas que preciso mesmo daquele algo. Quando falo em desejar algo, se eu não tiver aquilo efetivamente eu poderei lidar com a não aquisição de tal objeto de satisfação. Já quando eu digo que necessito de algo, caso eu venha a não adquirir aquilo de que necessito haverei de ter dificuldades para lidar com esta não obtenção do objeto de satisfação. Veja bem estes exemplos;
1. Proposição: Eu necessito de suco.
2. Proposição: Eu necessito de dinheiro.
3. Proposição: Eu necessito tirar um 10 na prova.
Agora compare estas proposições com estas:
4. Proposição: Eu desejo suco.
5. Proposição: Eu desejo dinheiro.
6. Proposição: Eu desejo tirar um 10 na prova.
Acho que estes exemplos deixam evidente a diferença no sentido das duas palavras. O sentido nas proposições 1, 2 e 3 dá uma ideia de “algo que tem que ser daquela maneira a qualquer custo”, dá a ideia de que o objeto de satisfação é uma condição obrigatória de realização daquela satisfação. Além disso para uma ideia de urgência; podemos facilmente imaginar uma pessoa usando a palavra “necessito” em uma posição de desconforto ou até de desespero. Para além de QUERER, o verbo PRECISAR expressa muito bem o sentido de NECESSITAR.
Já no caso das proposições 4, 5 e 6 a ideia que é passada é de que “seria bom se algo fosse de determinada maneira, seria bom se eu tivesse tal coisa”. Então, quando falamos em desejar, tiramos uma obrigatoriedade de ter um determinado objeto, bem como é visto no caso da necessidade. Com o desejar o caso fica mais informal, menos tenso. Podemos formar uma imagem mental de uma pessoa dizendo que deseja algo até com um semblante de felicidade, de excitação, mas dificilmente imaginaremos uma pessoa falando que deseja algo com um nível alto de tensão, de desconforto, desespero. Podemos dizer que DESEJAR representa um sentido simples de QUERER, sem tanto compromisso de ter a coisa a qualquer custo, de precisar de fato daquilo.
Deste modo, fica esclarecido o sentido real destas duas palavras. Seguindo este exemplo, indo a fundo no sentido da palavra, podemos esclarecer o sentido de outras inúmeras palavras. Isto permite uma melhor comunicação entre as pessoas, não só no que diz respeito a transmissão da informação, mas também no que diz respeito a um melhor entendimento desta informação. Além disso, o esclarecimento do sentido das palavras permite também uma maior organização e esclarecimento de ideias.

_________________________

~X~

(Anderson Yankee)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s