A HISTORINHA DA JOVEM MEIGA E DOCE QUE ERA SONHADORA

Closer-natalie-portman-221178_1920_1280

Era uma vez uma jovem garota que queria casar com um belo e inteligente rapaz. Ela era bastante trabalhadora. Ela trabalhava em uma loja de roupas no centro da cidade. Ela era uma pessoa de bom caráter e bastante doada aos seus amigos e familiares. Ela gostava de sair aos fins de semana para lugares calmos onde ela pudesse relaxar e ter bons momentos na companhia dos seus amigos. Ela não tinha grandes preocupações na sua vida a não ser a solidão que sentia e as mágoas dos desamores que viveu.
Em um dia comum de trabalho, sem ela esperar, de repente ela sentiu o sol brilhar mais radiante, tudo de repente ficou belo, flores e pássaros surgiram do nada. De repente entrou um belo rapaz na loja que ela trabalhava, um jovem de pele clara, olhos de bom moço, usando óculos, o que o fazia parecer 20% mais inteligente. Era isso que ela achava.
– Olá senhor, bom dia. Tudo bem? Posso ajudar?
– Olá, bom dia. Eu estou procurando uma gravata que possa combinar com o meu terno novo, irei a uma palestra muito importante hoje à noite e preciso estar impecável, pois meu orientador me conseguiu alguns momentos com o palestrante que, por sinal, é um ícone internacional na minha área de pesquisa.
– Ah, s…sim, pois não, acompanhe-me por favor. Você pode me dizer a cor do terno…
E eles acabaram indo juntos a um happy hour no dia seguinte. Conversaram, sorriram. Aqueles óculos realmente conquistaram aquela doce e meiga jovem. Dali eles seguiram para o apartamento do jovem belo e inteligente. Ela se entregou para ele como se aquele fosse o meio pelo qual ela o faria seu pelos indefinidos dias, meses ou anos seguintes.
No dia seguinte ele não ligou para ela, nem no outro e nem na outra semana. O belo e inteligente jovem não ligou mais para a doce e meiga jovem trabalhadora daa loja do centro da cidade.
Em um dia comum de trabalho, sem ela esperar, de repente ela recebeu um bilhete perfumado de cor azul. O bilhete dizia:
– “Olá jovem meiga e doce, desculpas por não ter te procurado antes, eu estava inseguro e não tive coragem de ligar por já terem passados vários dias. Mas hoje te mando este bilhete para dizer que desde o dia em que entrei nesta loja e te olhei nos olhos tudo aquilo não passou de fingimento, na verdade seu ex-namorado me pediu um favor, na verdade ele me pagou pra te seduzir, gravar um vídeo erótico seu e entregar para ele. Bom foi legal o que aconteceu. Ah, mandar este bilhete também fazia parte do trato, não pense que eu me arrependi. Valeu”.
– [ELA] Foi por pouco. Só faltou o casamento!

___________________________

~X~

(Anderson Yankee)

http://ask.fm/Andyankee

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s