IMIGRAÇÃO: PROBLEMA OU UM MEIO PARA DESENVOLVER OS PAÍSES? (ENEM 2012)

O presente texto foi escrito com base no tema proposto para redação do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012.

O movimento de imigração pode ser entendido como algo positivo ou negativo, o que determinará o seu caráter é o modo como os governos e autoridades competentes tratarão este fenômeno. Quando falamos de imigração no contexto do Brasil ela pode ser mais vista como um fenômeno negativo, a causa disto consiste no fato de que a imigração para este país, muitas vezes, se dá de maneira desordenada, justamente pelo fato de o Brasil ter uma extensão de fronteiras muito grande. Isso gera dificuldades para que se tenha um devido controle. Este controle sobre a imigração somado a uma devida sabedoria para lidar com os imigrantes são fatores essenciais para que este fenômeno venha a ser algo positivo para um país.

É imprescindível que todo país tenha um devido controle com relação a quem entra e quem sai do seu território, principalmente de quem entra, tanto por motivos de segurança quanto por uma questão de manter a ordem no país. Para isso é necessário que se policie rigorosamente as fronteiras, ou seja, os limites do país quem tem contato com outros países. No caso do Brasil, fazer um policiamento das fronteiras, como já foi dito, é algo que representa certas dificuldades, pois, além de a linha de fronteira que o Brasil tem com outros países ele faz fronteira com muitos países, sem contar que em sua maior parte estas linhas de limites contam com a presença de matas densas. Estas dificuldades acabam sendo fatores que facilitam a imigração (ilegal) para o Brasil.

Sem este controle da imigração ela pode acarretar inúmeros problemas para um país, o que inclui diversos acontecimentos relacionados ao crescimento e desenvolvimento desordenado do país: geração de favelas, crescimento das taxas de desemprego e miséria, inchação dos centros urbanos, etc.

Deste modo, é importante ressaltar que o controle sobre a imigração é indispensável e, inclusive, ele pode ser um meio de resolver problemas sociais como o desemprego. É importante também deixar claro que controlar a imigração não equivale a fechar as portas do país para os estrangeiros com o intuito de preservar-se e evitar possíveis problemas, mas sim, somente, tornar este fenômeno algo ordenado, sistematizado, controlado.

Os governos devem elaborar um plano (usar a sabedoria) para cadastrar todas as pessoas que pretendem entrar nos seus respectivos países, organizar um banco de dados que contenha todas as informações pertinentes a estas pessoas para poder aproveitá-las da melhor maneira possível. Através deste banco de dados seria buscado um material humano para suprir as áreas profissionais carentes dos países, ou seja, é buscar habilidades de quem tem a oferecer, seja uma habilidade prática, técnica ou intelectual. Assim, ganha o país que está recebendo um profissional competente e ganha o imigrante estrangeiro que não vai entrar em um país para ficar a mercê da própria sorte, jogado em um “seja o que Deus quiser”.

Ademais, esta é uma estratégia que deve ser adotada em escala global, pois seria inviável se somente um país como o Brasil, por exemplo, adotasse a ideia. Pois, um país somente não dará conta de todo o material humano desempregado no mundo, um país somente dificilmente poderá dar conta de uma questão que é mundial. Isto acabaria superlotando um país e, em longo prazo, poderia acarretar problemas graves, como os que já foram citados acima.

Mas se a ideia é adotada em escala global, se todos os países passarem a pensar desta forma muitos problemas sociais poderão ser resolvidos, o que trará substancial desenvolvimento para os países. Este plano pode ajudar a diminuir a taxa de desemprego, o que trará renda para as famílias, com mais renda há mais consumo, mais dinheiro circulando, com mais dinheiro circulando as regiões de um contexto micro a um contexto macro podem se desenvolver com mais facilidade. Ou seja, desenvolvem-se os países, melhoram as condições das pessoas economicamente falando, abre-se a portas para um mundo com menos fronteiras ilegais, um mundo mais ordenado.  Investe-se em uma sociedade que caminha baseada no pressuposto que se pode alcançar o desenvolvimento com base na cooperação. Além de satisfazer bem um dos fundamentos da nação brasileira, explícito na sua bandeira: “Ordem e progresso”.

______________________________

~X~

(Andinho Yankee)

5 respostas em “IMIGRAÇÃO: PROBLEMA OU UM MEIO PARA DESENVOLVER OS PAÍSES? (ENEM 2012)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s