PROBLEMA SETE – A FALTA DE COBRANÇA (INDIFERENÇA)

SÉTIMO PROBLEMA A SER SOLUCIONADO NA RELAÇÃO CONJUGAL DE N6A2011/12.

______________________________________________________________________

“[…] acho que nos falta um pouco de cobrança, acredito que todo relacionamento precise de um pouco, é saudável, a gente só aceita sempre o que o outro quer, passando ás vezes até por cima do que nós mesmos achamos”.

Citação 7. Esta citação se trata da falta de cobrança de um cônjuge para com o outro. Esta é uma questão trivial, pois não é em todos os casos que aa cobrança é algo viável. Imaginemos o caso de alguém que faz certa coisa para que o outro cobre dele algo como atenção, mais envolvimento, etc. verificamos que neste caso há uma tentativa de provocar o outro para que ele se manifeste. Geralmente quem faz isso o faz para que, com a atitude do outro o individuo acabe se sentindo seguro a respeito dos sentimentos e intenções do outro. Isto equivale a criar uma ilusão e o individuo corre o risco de se decepcionar com relação à atitude do outro. Em suma, é um ato de insegurança que pode ocasionar consequências negativas para quem o faz.

É importante ressaltar que o individuo que cobra do outro deve ter consciência de que ninguém muda ninguém, que cada indivíduo só muda quando lhe é viável, pois para todo mundo mudar dói. As pessoas preferem manter as coisas como estão e permanecerem tranquilas do que mudar e ter que passar por uma revolução dentro de si. Então, quando a cobrança está para mudar o individuo no que diz respeito a características próprias dele haverá conflitos, desentendimentos em geral. O mais viável a se fazer quando algum comportamento ou característica própria do outro nos incomoda a ponto de termos que pedir para que ele mude, impondo uma mudança é parar, refletirmos se podemos de fato conviver com aquele comportamento ou característica do outro. Caso podemos conviver com tal característica ou comportamento, aceitamos e seguimos tolerando o mesmo. Caso não consigamos, devemos tomar outro rumo, findar o relacionamento para não viver dia após dia com o sentimento de mal-estar.

No entanto, há casos em que a cobrança pode ser algo positivo. Por exemplo, quando ela está voltada para a manutenção do relacionamento, ou seja, para acertar certas coisas que andam fora dos eixos.

_________________________

~X~

(Andinho Yankee)

4 respostas em “PROBLEMA SETE – A FALTA DE COBRANÇA (INDIFERENÇA)

  1. Em um caso de mosaicismo é viável a hipótese de que tenha havido dispermia, ou seja, um espermatozóide fecundou o óvulo e outro fecundou um corpúsculo polar, desenvolvendo os dois zigotos num mesmo indivíduo. Na maioria dos casos, no entanto, a causa do hermafroditismo é desconhecida.

  2. Quase todos nós temos um tipo de dependência psicológica tais como: trabalho, dinheiro, compulsão para comer, jogos, consumismo, relações amorosas, etc. As causas das dependências psicológicas estão relacionadas a fatores internos do indivíduo, ou seja, nossa subjetividade, o nosso eu interior, é aí onde precisamos curar. Quando o indivíduo pára de fumar, substitui este vício por outro, geralmente comer ou beber em excesso. Para os não fumantes o ato de parar de fumar lhes parece simples e estes não conseguem compreender a dimensão do problema fazendo cobranças e rebaixando a auto-estima do fumante que sente-se fracassado. É necessário compreender que a dor envolvida no processo de ruptura de qualquer tipo de dependência é muito intenso, pode levar a depressão e recaídas. A nicotina é um tipo de droga que provoca malefícios ao organismo dentro de um prazo longo (40 a 50 anos após o início do vício). O comércio do tabaco é grande em todo o mundo e o consumo é incentivado devido aos interesses econômicos, privados e públicos dentro de nossa sociedade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s