A realidade do amor

A natureza do amor não é material, ou seja, ele não é palpável, não podemos tocá-lo. Não devemos ter em mente que um dia iremos ver o amor na nossa frente, caminhando por aí, realizando alguma atividade, etc. O amor não possui nenhum atributo de um ente material, ele não pode ser tocado, nem visto, nem ouvido, nem degustado pelo paladar, muito menos cheirado. Isto é, o amor não pode ser verificado na realidade por nenhum dos nossos cinco sentidos básicos.

Mas falamos no amor. Falamos que sentimos o amor. Isto para alguns teóricos da linguagem seria um puro enunciado sem sentido. Isto por que quando falamos sobre algo o substantivando este algo tratado como substantivo deve corresponder a algo na realidade, ou seja, este algo de que falamos deve existir no mundo. De certo modo, os positivistas lógicos, no inicio do século XIX, também estavam pregando este paradigma. Se fossemos reduzir qualquer tese que fale a respeito do amor ou qualquer outro sentimento estaríamos falando sobre algo sem sentido, pois quando chegássemos a um enunciado elementar veríamos que estamos tratando de algo que não pode ser verificado na realidade. Assim, o amor é algo puramente sem sentido.

De certo, o amor não era a preocupação dos teóricos da Filosofia da Linguagem e nem dos Positivistas Lógicos. A preocupação destes era com os problemas Filosóficos e Científicos. A importância de fazer tal citação aqui é apenas para deixar claro que em se tratando do amor e dos sentimentos em geral não podemos usar como critério para analisa-los a sensibilidade simples – tato, paladar, audição, visão, olfato. Pois a sensibilidade é incapaz de verificar o amor.

Mas insisto em dizer que falo do amor e digo também que o sinto, pressupondo assim que ele existe. Sim, o amor existe, mas de uma forma diferente dos objetos materiais. O amor existe de forma imaterial, ele é um sentimento, algo que nos afeta e que sentimos sem o intermédio dos sentidos simples.

~X~

(Andinho Yankee)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s