Destruidor de lares, agente da felicidade

 

 ~X~

 

Bom, numa bela tarde estava eu a assistir um filme na casa da minha tia e a minha prima trouxe uma colega dela para passar a tarde com ela a conversar, brincar, enfim… Momentos depois a minha prima diz que a tal menina quer ficar comigo…

>>> PAUSA <<<

Marianna, 15, Santa Lúcia, Crente batizada.

– Marianna, mas você é batizada na igreja “X” e sabe que não pode ficar com meninos “do mundo” (rsrsrsr).

– Não é nada demais, eu tenho consciência do que pode e do que não pode.

– Tudo bem então. Eu não tenho remorsos de fazer coisas erradas.

– Pode deixar, eu assumo a responsabilidade.

– Outra coisa, eu não sei o que você faz com os demais meninos que você fica; Tipo, eu não brinco quando estou ficando com qualquer menina que for…

– Cale a boca e vamos agir.

– Caralho, simbora!

>>> CONTINUAÇÃO <<<

Beleza, eu fico! (Um breve pensamento: Ela está de vestidinho, cheirosa, só estamos nós dois aqui… Perfeito)

No dia seguinte:

– Andinho, quanto ao que aconteceu ontem, esqueça, por favor, eu fiz o que fiz e me arrependo. Então deixa para lá e vamos seguir com amizade normal, ok?

– Tudo bem, Marianna. Até mais, beijos.

Mais um dia se passa:

– Andinho, está em casa? Posso ir aí?

E mais um dia:

– Andinho, Tudo bem? Vai sair hoje? Vou aí viu!

Mais um dia:

– Andinho, estou com saudades! Vai estar em casa de que horas?

E o melhor dia:

– Andinho, está em casa? Tenho uma surpresa! Quero te fazer uma massagem, quer? Quer o óleo de qual sabor? Então vou levar o melhor!

Caraca… Ainda consigo sentir o cheiro de açaí como se fosse ontem. Bom, dou nota 6 para a massagem, 10 para o óleo de açaí, 10 para a lingerie (rsrsrssrs), 9 para o fundo musical, o resto é pessoal, mas pelo conjunto… 9 está de bom tamanho.

O engraçado de tudo isso é que eu escutava todos os dias ela dizer que não ficava mais de uma vez com o mesmo cara e comigo não iria ser diferente, no fim, vemos no que deu (rsrsrss) . Também é engraçado o fato de eu ter subestimado a menina por ela ser batizada, no fim eu fiquei de boca aberta.  Engraçado também ela mentir todos os dias para a avó dela para poder ficar comigo, inclusive dizendo que ia estudar musica (foi por uma boa causa). Engraçado a avó de ela ter descoberto que ela estava ficando comigo (nos viu meia noite na rua, no dia da formatura dela, eu só de bermuda e ela ainda com o vestido da formatura) e marcou o casamento da menina com outro cara (rsrsrsrs), pelo menos foi o que ela disse. Ainda mais engraçado é ela me chamar para ser o presente dela na sua despedida de solteira (ai, ai).

Sei lá, penso em me sentir mal, mas a Marianna ficou feliz com isso… Não sei por que, mas vai lá saber não é? O importante é ela estar sorrindo.

Lamento um pouco tudo isso, afinal eu curtia o óleo de açaí. Este óleo me lembrava o cheiro da Lorena… Idêntico, senão o mesmo.

 

(Anderson Yankee)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s