Purificação

Obra de Pablo Picasso – Woman Reading

 

Quero desvelar-te e te ver desnuda,

Tocar-te inteira e te sentir teu gosto,

Abraçar-te e sentir teu sexo,

Penetrar-te e devir dentro de ti.

 

Quero sentir teu toque em meu sexo e extasiar-me,

Quero te tocar os seios e sentir-me pulsar;

Percorrer o oceano do teu corpo.

 

Quero navegar suas pernas,

Marcar como que um irracional, de ardor, sua glande

Beijar incansavelmente a sua vagina e ouvir sua melodia,

Beber teu suor como se bebesse a sua aura.

 

Suspirar,

Gritar de torpor,

Implodir minh’alma,

Perverter-me e deixar de ser.

Devorar-te,

Com amor,

Sem pudor,

Sem dor,

Com amor.

 

Vamos à lua,

Purificaremos nosso leito,

Gozaremos o nosso mundo,

O nosso mundo só pode ser nosso!

 

~X~

 

(Anderson Yankee)

2 respostas em “Purificação

  1. Eu fico imaginando o que passava na tua cabeça quando escreveu isso!
    É um contraste imenso,
    Usar termos vulgares num poema, mas não deixá-lo vulgar…
    tô surpresa, sem dúvida; é a primeira vez que leio algo do tipo.
    Parabéns Andinho.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s